quinta-feira, agosto 17, 2006

fogo

já não bastasse o vizinho cortando árvores todos os dias já há tantos dias seguidos
já não bastasse as 54 árvores erradicadas, a maioria Eucaliptos, no fundo de vale do ribeirão Cambézinho (autorizada pela Secretaria Municipal do Ambiente (Sema) e pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP), numa obra que custará aos cofres públicos R$ 416.787,29 para fazer uma rotatória
já não bastasse o anuncio, ontem, de mais 200 árvores que serão erradicadas em Londrina pela prefeitura (que pelo jornal se diz que são árvores velhas que devem ser trocadas)
hoje ainda amanheci com o vizinho que corta árvores, colocando fogo em alguma coisa que ele julgou, que em meio a esta seca, deveria ser queimado.
é demais, meu sangue, que não é de barata, ferveu.
acordei puta, injuriada, chateada
em morar numa cidade onde esta ignorância ambiental parece prevalecer.
sim, pois ninguém diz nada
e reclamar prá SEMA e pro IAP é um desgaste
tive que reclamar e brigar para que me dessem pelo menos um número de protocolo de minha reclamação
a SEMA acabou dando, o IAP diz que depois de processos encaminhado, só depois de tantas e tantas instancias que ele relatou e eu nem consegui gravar de tantas que são, aí sim vai ter um número de protocolo
fora que os fiscais só podem vir depois que o fogo se acabar
a sema diz que os seus só trabalham a partir do meio dia então só a tarde poderão vir. Reclamei às 10:20h da manhã
um fogo se consome e depois dos danos ambientais, de saúde e riscos graves de incendio com esta seca, então os fiscais vão dar uma passada aqui ...
perto do IAP até que a SEMA vai ser eficiente, pois os fiscais do IAP só daqui alguns dias é que virão.
eu indignada: mas o fogo vai ter acabado!
IAP: pois é ...
então, estamos as moscas, ou melhor, secos, esturricados, sofrendo com estes absurdos que o ser humano continua fazendo diariamente, acabando com as árvores, águas e natureza
e o fogo e a fumaça invadem nossos dias

2 comentários:

célia musilli disse...

Tb fico muito injuriada com queimadas e este corte desalmado de árvores.. Resta se rebelar e pôr a boca no trombone, ainda que poucos nos ouçam...Calar eu não calo.. Um beijo.

Ana Claudia Baccarin disse...

Feeeer!!!
Você não imagina o quanto eu faço minhas as suas palavras... Ando indignada também! To te mandando uma carta q vou mandar pra Folha de Londrina a respeito também da falta de história da nossa cidade. Bjão pra vc!!!

Ana Claudia